terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Do que você gosta mais?

Meu sobrinho-primo, de quatro anos, estava contando o que ele costuma fazer na chácara do seu vovô. Nós perguntamos o que ele mais gostava na chácara. Ele respondeu sem pensar: 

- Do vovô!

Fiquei surpreso com a resposta dele. Para uma criança responder que "o rio, o pé de manga, o cachorro..." seria mais normal.

A beleza e a naturalidade da resposta dele me chamou a atenção e, ao mesmo tempo, me incomodou bastante. Onde temos encontrado o prazer da vida? Nas pessoas ou nas coisas?  Será que nossos olhos não estão perdidos nas coisas e deixando pessoas em segundo plano? Não estou condenando o fato de gostar de fazenda, de pássaros, de árvores ou de bola e bicicleta. A grande questão é do que gostamos mais! Meu sobrinho-primo ama a chácara e tudo que tem lá, mas o que ele mais gosta é a presença do vovô. A chácara sem o vovô fica sem graça. Perde o sentido.

Quero fazer um exercício de alma e colocar o as coisas nos seus devidos lugares e valorizar mais as pessoas que me cercam. Topa fazer também? Vamos lá:

O melhor do jantar é a companhia.
O melhor de brincar, é quem brinca comigo.
O que mais gosto da música, são meus parceiros de banda.
O mais bacana da viagem, é quem viaja comigo.
O que mais gosto da minha cidade, são dos cidadãos.
A beleza da minha casa, é a minha família.
O melhor da igreja, são os irmãos.
O prazer da oração, é falar com Deus.
O que mais gosto do culto, é a presença do Espírito Santo.
O melhor do Céu, é estar eternamente com Jesus!

Vamos nessa que é bom a beça!






Sem comentários:

Publicar um comentário